Grêmio fica mais perto da contratação de Funes Mori e diz que há chances do retorno de Campaz

Confira mais algumas informações da movimentação de mercado do Grêmio

Publicidade

A direção do Grêmio ajusta os últimos detalhes para concretizar a contratação do atacante argentino naturalizado mexicano Rogelio Funes Mori, de 32 anos, que está no Monterrey, do México, desde 2015. Nesta semana, a negociação avançou e o jogador se mostrou simpático ao projeto apresentado pelo tricolor, entendendo com bons olhos a chance de jogar no Brasil.

Além do Monterrey, Funes Mori tem passagens por River Plate, Benfica e Eskisehirspor-TUR. Em 2022, jogou a Copa do Mundo do Catar pela seleção do México. Os valores da transferência são mantidos em sigilo e o Grêmio planeja dar até três anos de contrato ao atleta.

Este seria o primeiro reforço específico para a posição deixada por Suárez, que se transferiu para o Inter Miami, dos Estados Unidos, recentemente. Mesmo assim, o Grêmio pode buscar mais jogadores de área e um nome que segue no radar é o do camaronês Aboubakar, do Besiktas, da Turquia.

Campaz pode voltar ao Grêmio?

Apesar do Rosario Central já ter pago o valor de direito de compra ao Grêmio, Campaz segue com futuro indefinido para 2024, segundo o presidente gremista Alberto Guerra. A informação é de que o colombiano ainda não acertou individualmente o seu novo contrato com os argentinos. E, caso não acerte, necessitará voltar ao tricolor.

“O Rosario Central efetivou o pagamento há 45 dias. Hoje, os clubes dividem 50% do jogador. Se ele não se acertar com o Rosario, ele tem que voltar para o Grêmio e cumprir o contrato. Os direitos federativos são do Grêmio, ele está emprestado. A opção é do Rosario para o jogador ficar lá”, informou Guerra ao jornalista Duda Garbi.

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Grêmio em tempo real. (Clique Aqui)