fbpx

Grêmio até elogia, mas dificilmente promoverá o retorno do volante Lucas Leiva; entenda as razões do clube

Volante de 35 anos está vivendo reta final de contrato com a Lazio, da Itália

Formado nas categorias de base do Grêmio e jogador presente na emblemática Batalha dos Aflitos contra o Náutico, em 2005, o volante Lucas Leiva, hoje com 35 anos, voltou a habitar o imaginário do torcedor gremista com declarações recentes projetando o futuro. Ele vem deixando em aberto a chance de retornar ao clube, já que está em fim de contrato com a Lazio, da Itália.

Em entrevista recente concedida à Rádio Gaúcha, o presidente gremista Romildo Bolzan Jr fez elogios ao jogador e não colocou em dúvida a sua qualidade técnica:

“A primeira avaliação que deve ser feita é a característica do jogador e o vínculo que tem com o clube. Ele é praticamente um gaúcho, tem casa e família aqui. É uma cria do clube e passou por momentos dramáticos e de glória, como 2005. É um jogador incontestável, mas a condição financeira tem de ser adequada, e nunca falamos sobre isso”, declarou.

No entanto, duas situações deixam Lucas distante de um retorno neste momento. O primeiro, lembrado por Bolzan, é a parte financeira. Com salário padrão Europa, o jogador recebe bem acima do teto atual do Grêmio, que vive uma realidade diferente em 2022 por conta da presença inesperada na Série B.

Além disso, o Grêmio vê fartura de volantes no elenco, já que atualmente conta com nomes como Villasanti, Bitello, Lucas Silva, Thiago Santos, Fernando Henrique e Sarará. E há, também, a possibilidade de retorno de Thaciano do futebol da Turquia no meio da temporada.

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas