fbpx

Geral do Grêmio publica nota oficial com explicações sobre protesto violento e diz não reconhecer agressores do CT

Confira o comunicado oficial feito pelo Geral em relação aos episódios desta quarta no CT Luiz Carvalho

Única das torcidas que convocaram o protesto de quarta a ser registrada oficialmente pelo clube, a Geral do Grêmio soltou nota oficial dando explicações sobre a manifestação no CT Luiz Carvalho e criticando a ação de torcedores que, “de maneira independente”, agiram com violência. Cenas como arremesso de pedras ao ônibus do clube, foguetórios, correria e confronto com a Brigada Militar foram vistos no início da tarde de ontem.

Da parte da direção, o presidente Romildo Bolzan Jr falou em levar até o fim as consequências e banir os agressores. Em relação ao elenco, o lateral-direito Rafinha concedeu coletiva horas depois da manifestação e também demonstrou discordar da atitude violenta dos gremistas presentes.

“A gente sabe que o momento não é dos melhores, mas é o que eu sempre digo: nada justifica uma ação como recebemos hoje. O torcedor tem direito de cobrar, de xingar, vaiar, tudo bem, sem problemas. Mas partir para o outro lado, jogando pedra, tocando fogos de artifício, quebrando carros de funcionários, aí foge da legitimidade. Somos seres humanos. A gente entende o desconforto da torcida e a frustração, mas aqui ninguém está brincando. Não tem vagabundo aqui. Todos nós estamos lutando para tirar o Grêmio dessa situação. Eu sou a favor das cobranças, mas não dessa forma. Isso prejudica a gente. Ficamos bem tristes, porque não é o que a gente quer”, lamentou o jogador.

Confira a nota da torcida Geral do Grêmio:

Na tarde desta quarta-feira, fomos ao CT Luiz Carvalho realizar um protesto inteiramente pacífico. Todas as situações deste ano, sejam para fazer alentaço ou protesto, foram pacíficas. Tudo que partiu de nós foi pacífico. O protesto, da nossa parte, foi de gritos de ordem demonstrando revolta com o atual momento, cobrando uma reação imediata do clube. A violência e a agressividade partiram de maneira independente por parte de alguns torcedores, os quais não são identificados com as torcidas reconhecidas pelo clube. Como nota de esclarecimento reiteramos que qualquer ato de violência não compactua com nossa ideologia.

 
 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Geral do Grêmio (@geraldogremiop10)

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas