fbpx

Gabriel divide méritos da boa fase com a equipe e explica como o Inter vai se portar contra o Colo-Colo

Jogador falou sobre o momento do Inter e do Colo-Colo em suas competições

Já em solo chileno para a disputa da primeira partida válida pelas oitavas da Sul-Americana, onde o Inter encara o Colo-Colo, o volante Gabriel concedeu entrevista coletiva para os repórteres que acompanham o colorado no Chile. Avaliando os momentos do seu time e também do adversário que ocupa a liderança de sua competição nacional, o volante projetou o duelo desta terça-feira, às 21h30, horário de Brasília.

Gabriel avalia momento do time na competição nacional e sul-americana

“Viemos em uma crescente, fazendo bons jogos, tendo bons resultados: na Sul-Americana, conseguimos a classificação num grupo difícil, por ser um só que se classifica. Também no Brasileiro viemos fazendo bons jogos e tendo bons resultados dentro e fora de casa, então a equipe vem bem, a equipe vem confiante, sabemos da importância do jogo, é um jogo que em 180 minutos temos que ser inteligentes para fazer uma partida com sabedoria e buscando o resultado do início ao fim, até porque como eu sempre falei: ‘O inter quando entra em campo ele entra para vencer’. Assim, então, estamos preparados para chegar e chegar bem, para fazer um grande jogo”, disse o volante, antes de acrescentar:

“A vitória sempre é o melhor resultado que podemos levar numa partida. Jogaremos para ganhar sim, como sempre, mas é um jogo de 180 minutos, contra uma equipe de muita qualidade também, então temos que estudar bem o jogo, e já estar atento do início ao fim, mas com o intuito sempre de ganhar e de fazer jogar. A estratégia é propor o jogo quando tem que propor, quando tem que passar também a linha da bola, a equipe vem marcando bem também. Então acredito ser isso, não fazer muita coisa diferente do que estamos fazendo, até porque estamos numa evolução e os resultados estão acontecendo”.

Gabriel também avaliou o momento do adversário

“Esses números que construímos, isso sim, gera um respeito do adversário, mas a equipe do Colo-Colo é bastante técnica, rápida, que gosta de ter a posse da bola. Durante a semana nós estudamos eles e acredito que até a hora da partida veremos, mas é uma equipe tradicional, como todos sabemos, eles também vêm de um momento que ganharam o jogo passado, numa outra competição, onde estão na liderança. Vejo que é uma equipe de qualidade, e como eu disse, estamos preparados para fazer um grande jogo, iniciar bem, acredito que com a casa cheia nós temos a grande chance de passar e de conseguir abrir caminho nessa competição”, comentou.

O volante colorado também desperta curiosidade sendo um dos melhores “ladrões” de bola da equipe. Perguntado sobre seus números, o meio-campista disse que não leva os créditos sozinho:

“Estou feliz pelos números e pelas partidas, mas também eu não roubo bola sozinho, meus companheiros ajudam para acontecer algum desarme, até porque se um pressiona o portador da bola eu venho e consigo roubar. Então isso é um trabalho não só individual e sim coletivo, então como eu disse, a equipe vem bem, vem jogando bem perto, compacto, isso também facilita bastante esses números e aumenta os desarmes. No jogo de amanhã provavelmente teremos momentos da partida que nós também teremos que marcar, até porque é uma equipe que propõe bem o jogo, então teremos que usar bem essa marcação para também sair em contra-ataques porque nossa equipe também tem velocidade, e tem tido bons resultados quando fazemos isso nas partidas”.

PROVÁVEL INTER

Daniel; Heitor (Mercado), Moledo, Vitão, Renê; Gabriel, De Pena, Edenilson, Alan Patrick; Pedro Henrique (David) e Alemão.

PROVÁVEL COLO-COLO

Cortés; Rojas, Falcón, Zaldivia e Suazo; Fuentes e Pávez; Solari, Leonardo Gil e Gabriel Costa; Lucero.

RELACIONADOS DO INTER

A partida da volta está marcada para a próxima terça-feira (05/07), às 21h30, no Estádio Beira-Rio.

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas