Treinador do Monterrey confirma que Funes Mori rejeitou o Grêmio para defender o Pumas: “Decisão dele”

Técnico do clube mexicano concedeu breve entrevista ao longo desta sexta-feira

Publicidade

Mesmo com proposta na mesa do Grêmio, o atacante argentino naturalizado mexicano Rogelio Funes Mori, de 32 anos, preferiu continuar no México. Nesta sexta-feira, ele desistiu de vir ao Brasil e optou por trocar o Monterrey, onde atuava desde a temporada de 2015, pelo Pumas. O treinador do Monterrey, Fernando Ortiz, confirmou a transferência:

“Sei que foi uma decisão de Rogelio aceitar a proposta do Pumas. Ele sabia exatamente o que eu pensava. Para ele como a todos os ex-companheiros, não fecho as portas para ninguém”, declarou Ortiz, em declaração recuperada pelo portal Globoesporte.

Funes Mori entrou no radar do Grêmio exatamente por conta da saída de Suárez, que foi atuar com a camisa do Inter Miami, dos Estados Unidos, deixando lacuna importante no plantel tricolor. Agora, os dirigentes gremistas voltam ao mercado em busca de uma solução para a posição.

Direção do Grêmio havia falado dele no começo da semana

Logo no primeiro dia de 2024, a direção do Grêmio comentou sobre Funes Mori e do quanto se impressionou com a alta média de gols, que passa de 0,4 por jogo – no Monterrey, o jogador fez 328 partidas e 159 gols, sendo que, na atual temporada, jogou 17 jogos, fez sete gols e deu duas assistências.

“O Funes Mori só pôde ter essa consulta por conta do contrato dele estar acabando no meio do ano, porque ele é ídolo total no México. A média de gols é altíssima. O Funes Mori sempre esteve no nosso monitoramento. Ele é um cara de idade boa, média de gols alta e a situação contratual talvez nos concedesse possibilidade de negócio. A gente tenta se cercar de todos esses dados”, declarou o vice de futebol Antônio Brum ao jornalista Duda Garbi.

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Grêmio em tempo real. (Clique Aqui)