Falta pouco? O que diz a comissão técnica do Grêmio sobre o atual estágio da recuperação de Leonardo Gomes

Jogador teve uma primeira lesão ligamentar no joelho direito no mês de setembro de 2019

O enorme aguardo de Leonardo Gomes para poder retornar a jogar futebol parece estar chegando nos momentos finais. Na última sexta-feira, o lateral-direito voltou a trabalhar com bola junto aos demais companheiros de Grêmio no CT Luiz Carvalho e registrou com satisfação nas redes sociais, avisando que “falta pouco”.

LEIA MAIS – Em alta no Grêmio, Fernando Henrique revela inspiração em Casemiro e cita importância de Maicon: “Sempre chega nos jovens”

Assim como o lateral, o preparador físico Reverson Pimentel também se mostra otimista sobre o aguardado retorno, mas evita dar uma data para a sua volta aos gramados:

“O primeiro passo com o Léo Gomes era colocar ele apto para treinar com a bola, hoje ele tem uma rotina normal. Ele coloca a chuteira e entra em campo, e se sente motivado. Ele trabalha 50% com a carga do grupo. Só que nesse momento não temos data”, colocou o profissional em entrevista nesta semana à Rádio Pachola.

A linha do tempo de Leonardo Gomes

Titular com Renato Portaluppi entre o final de 2018 e 2019, Leonardo Gomes rompeu o ligamento cruzado do joelho direito no jogo da desclassificação na semi da Copa do Brasil de 2019 para o Athletico, na Arena da Baixada, em setembro de 2019.

O Furacão reverteu o 2×0 sofrido na Arena e venceu nos pênaltis com erro de Pepê – curiosamente, o técnico rival era Tiago Nunes. Mais tarde, o Furacão ficaria com a taça sobre o Inter no Beira-Rio.

Em um primeiro momento, o defensor passou por uma cirurgia de reconstrução e depois por uma nova operação de correção no local, sem conseguir voltar a atuar desde então. Para a posição, o clube tem atualmente Rafinha, Vanderson e Victor Ferraz.

  • Clique aqui para entrar em um grupo de WhatsApp e acompanhar as notícias do seu time.