Edenilson revela convite de Coudet para ir ao Celta e dá detalhes da saída do Inter em 2022: “Era o momento”

Volante Edenilson foi titular na maior parte do tempo que jogou no Inter

Publicidade

Em entrevista concedida ao jornalista Duda Garbi, no YouTube, o ex-volante do Inter, Edenilson, deu detalhes de sua decisão de sair do clube em 2022 e posteriormente ir para o Atlético-MG, onde ainda busca o melhor espaço no elenco. Ele ainda confidenciou que foi convidado pelo técnico Eduardo Coudet para ir ao Celta de Vigo, da Espanha, em mais de uma oportunidade:

saída de edenilson do Inter

Veja também:
1 De 5.995

Acho que era o momento de sair. Ter novos ares. Para todo mundo é bom. Peguei esse período de, infelizmente, o clube não ter conquistas. Quem fica, fica com essa marca. O próprio Mano Menezes tinha entendido isso e tivemos essa conversa. As vaias que eu vinha tendo prejudicava o time e os outros jogadores ficavam retraídos. Não tenho essa vaidade de querer jogar de qualquer jeito. No Brasil, isso é cultural. No meio do jogo já se acha um culpado“, salientou Edenilson.

Relação com Coudet

Ele tem a personalidade forte. As ideias dele são bem dele mesmo. Se ele falar que vai sair amanhã, vai sair amanhã. Foi o que fez (risos). É bom e ruim. Mas eu me adaptei a ele. Ele tentou me levar para o Celta de Vigo umas duas vezes, mas não tinha mais vaga de estrangeiro. Levou o Galhardo, o preferido dele (risos)

Ida de edenilson para o Atlético-MG

Eu sempre mantive contato com o Cristiano, que era preparador físico do Inter e com o Rodrigo Caetano. E teve uma vez que o Mano Menezes deixou escapar em uma coletiva que eu iria sair no fim do ano. Aí o pessoal do Galo procurou o meu staff para ver a possibilidade. É um baita time, estou feliz pra caramba

Canal WhatsApp - Zona Mista Inter

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas