Ex-Grêmio, Edilson cobra melhorias no gramado da Arena para 2024: “Está sempre horrível”

Ex-lateral-direito se manifestou em comentário no Instagram do jornalista Duda Garbi

Publicidade

Velho conhecido da torcida do Grêmio, o ex-lateral-direito Edilson, através do seu perfil oficial no Instagram, escreveu uma forte crítica às condições do gramado da Arena, alvo de reclamações constantes já há algum tempo. Segundo as palavras dele, o campo “sempre está horrível” e precisa ser corrigido e resolvido com urgência para a  temporada de 2024.

O contexto da reclamação de Edilson foi um vídeo publicado pelo jornalista Duda Garbi, que, em entrevista com o presidente Alberto Guerra, cobrou uma limpeza no teto da Arena. O topo do estádio, já há algum tempo, vem ficando cada vez mais escuro com o acúmulo de sujeira.

Veja também:
1 De 5.992

“Tem que arrumar é o campo da Arena, isso sim. Sempre está horrível”, disparou Edilson, que foi campeão da Copa do Brasil de 2016 e da Libertadores de 2017 pelo clube.

Ex-Grêmio, Edilson cobra melhorias no gramado da Arena para 2024: "Está sempre horrível"

Presidente do Grêmio concorda com crítica

Na entrevista que deu ao jornalista Duda Garbi, o presidente gremista Alberto Guerra concordou que é uma “barbaridade” o teto da Arena estar sujo daquea forma:

“É o que mais me toma tempo hoje em dia. Mais que o futebol. Nem tudo a gente deve publicizar nessa relação. E esse é um dos assuntos. Acho uma barbaridade. Foi feito um contrato que nos impõe alguns limites. Vamos jogar uma Libertadores e precisamos do nosso estádio. Não é difícil limpar”, lamentou Guerra, antes de falar do gramado:

“O gramado eu até acho que, nesses 11 anos de gestão da Arena, acabou sendo o melhor ano. Ainda distante do que o Grêmio precisa. Mas acho que funcionou durante o ano. Menos antes daquele jogo contra o Corinthians. Depois, com os shows, piorou nos jogos finais”, finalizou o mandatário.

Canal WhatsApp - Zona Mista Grêmio
Entre no canal e ative o sininho para receber as notificações

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas