“Esqueçam o primeiro jogo”: Taison pede a palavra e motiva novos colegas antes de goleada no Beira-Rio

Atacante de 33 anos, no entanto, ficou apenas no banco de reservas diante do Deportivo Táchira

Publicidade

Em sua volta ao convívio de um jogo oficial no Beira-Rio vestindo a camisa do Inter, Taison acabou não entrando em campo, mas ajudou de fora na vitória de 4×0 sobre o Deportivo Táchira, da Venezuela, pela segunda rodada do Grupo B da Libertadores, na noite da última terça-feira.

LEIA MAIS – Humilde, muito rápido e louco para ver jogar: o que o elenco do Inter pensa de Taison antes da reestreia

No dia seguinte à goleada, a TV Inter registrou bastidores da partida no YouTube mostrando que o atacante de 33 anos, no pré-jogo no vestiário, pediu a palavra para motivar os demais colegas.

Taison fez questão de pedir que o jogo de estreia, com derrota de 2×0 para o Always Ready na Bolívia, fosse esquecido por todos:

“Esqueçam o primeiro jogo, já passou. Começa hoje a nossa luta de novo. Todo mundo concentrado e vamos sair daqui com a vitória todos juntos”, gritou.

Veja:

Após a partida, o técnico colorado Miguel Ángel Ramírez indicou que a expulsão de Carlos Palacios no segundo tempo atrapalhou os planos de promover a reestreia de Taison:

“Taison acabou de chegar. Só fez dois treinos com o time. Precisa de tempo para entender o modelo de jogo. Vai ter muito tempo conosco para aprender, treinar e jogar. Poderia ter entrado, mas o imprevisto dos cartões mudaram os planos”, salientou o treinador.

Como Palacios estará suspenso, Taison passa a ser opção até para começar jogando na quarta-feira que vem, em casa, contra o Olímpia, pela terceira rodada do Grupo B da Libertadores. O atacante, vale lembrar, não está inscrito para jogar o Gauchão.

Confira o vídeo completo divulgado pelo Inter:

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Inter em tempo real. (Clique Aqui)