fbpx

Empresário de Ferreira dá detalhes da reviravolta na situação do atacante: “Grêmio fez proposta irrecusável”

Pablo Bueno teve uma conversa com o jornalista Adroaldo Guerra Filho, o Guerrinha, nesta semana

Assim que o caso de Ferreira começou a ter reviravolta no Grêmio, com a “não” ida ao Atlanta United e permanência no tricolor, o empresário Pablo Bueno deu detalhes da situação ao jornalista Adroaldo Guerra Filho, o Guerrinha, da Rádio Gaúcha. E, por telefone, confirmou que o tricolor fez uma “irrecusável” proposta de renovação.

Segundo o agente, o CEO e gerente-geral gremista Carlos Amodeo apresentou uma ótima proposta de renovação, onde o salário será ampliado assim como a multa rescisória, que era na casa de 8 milhões de euros. O novo vínculo, que ainda não está oficializado, deverá ir até 2024.

“Olha, Guerrinha, o Amodeo fez uma proposta simplesmente irrecusável. Não vai fazer diferença sair agora ou no final do ano. Vai aumentar a multa para deixar um bom dinheiro para o Grêmio. E tu vê a minha diferença, eu estava indo para os Estados Unidos e agora estou indo para Arena”, disse Bueno segundo relato do jornalista.

Confira a fala de Guerrinha a partir de 20:20:

Ainda segundo Bueno, Ferreira precisaria assinar um documento antes do Atlanta depositar a multa ao Grêmio. E o atacante não o fez pelo fato de que não queria deixar o tricolor “pela porta dos fundos”, segundo explicações do empresário.

Em coletiva dada neste sábado, o volante Thiago Santos falou sobre o caso do atacante:

“Nós jogadores só temos que abraçar ele. Ele pode contar com a gente na hora que ele voltar. Contamos com ele, ainda mais que temos muitas decisões esse mês. Temos que fazer o nosso em campo e a direção que resolva isso”, disse.

Ferreira, contudo, não deverá estar apto para jogar contra a Chapecoense em casa, 20h, pelo Brasileirão, na segunda-feira. Ele ainda se recupera de lesão no joelho sofrida no último Gre-Nal.

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas