Dirigente do Grêmio confirma que Alisson pediu para sair por pressão da torcida: “Não aguentava mais”

Meia, na virada de temporada, acabou acertando um contrato longo com o São Paulo

Bastante criticado e visado pela torcida ao longo da temporada de 2021, Alisson fez questão de trocar de ares no novo ano e pediu ao Grêmio para deixar o clube, segundo detalhou o vice-presidente de futebol Denis Abrahão em entrevista à Rádio Gre-Nal na tarde desta quinta-feira.

O meia estava no clube desde a temporada de 2018, quando chegou com Tonny Anderson na negociação que levou o lateral-direito Edilson ao Cruzeiro. Na maioria desse período, Alisson foi titular do time gremista e agora defende as cores do São Paulo.

“Ele (Alisson) pediu para sair pois não aguentava mais a pressão (da torcida)”, resumiu o dirigente.

Saída de Darlan do Grêmio

Outro jogador a deixar o Grêmio na virada de temporada foi o volante Darlan, de 23 anos, emprestado ao Juventude pelo prazo de uma temporada. Na mesma entrevista, Abrahão explicou a decisão do clube:

“A saída do Darlan foi para dar mais rodagem para ele. Entendemos que aqui ele não teria tanta oportunidade de jogar quanto no Juventude”, explicou.

Mantendo a sua rotina de primeiros dias de pré-temporada, o Grêmio, com o time de transição, estreia no Gauchão dia 26 em casa contra o Caxias.

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Notícias do Grêmio em primeira mão:

Veja também:

1 De 6
Comentários
Loading...