Diego Souza diz que São Paulo é “chato, apita o jogo”; dirigente do Grêmio vê rival “machucando adversários”

Reclamações por parte do Grêmio seguem grandes antes da importante partida de quarta-feira

Publicidade

Na véspera da decisiva partida no Morumbi pela volta da semifinal da Copa do Brasil, o centroavante gremista Diego Souza manteve o tom de reclamações à postura do São Paulo dentro de campo, especialmente no que diz respeito à pressão feita aos árbitros. Para o goleador do tricolor gaúcho, o rival é um time “chato” dentro de campo.

Autor do gol da vitória de 1×0 na Arena, quarta passada, no jogo de ida, Diego reclamou de dois lances em especial nesta partida: uma cotovelada de Bruno Alves e joelhada de Arboleda. Os zagueiros são-paulinos não foram expulsos de campo por Marcelo de Lima Henrique.

Veja também:
1 De 5.982

“É uma decisão, não dá para esperar menos. Os nervos ficam à flor da pele e é preciso ter atenção total. A equipe do São Paulo pressiona a arbitragem o tempo inteiro, muito chata dentro de campo e a gente tem que estar ligado no jogo. Se deixar, eles acabam apitando o jogo. Isso é notório, a gente vê nos jogos e temos que estar ligados nisso”, disse Diego Souza em coletiva de imprensa, antes de elogiar o futebol do líder do Brasileirão:

“A gente jogou com o São Paulo duas vezes esse ano e é uma equipe muito qualificada. Temos que ter a mesma postura. Marcação, ter personalidade para jogar e incomodar o São Paulo também. Eles procuram sufocar o adversário com aquele toque de bola, muita gente no campo ofensivo. E se aceitar isso, pode pagar preço muito caro. Temos que ter a mesma postura do mesmo jogo, com marcação forte e agredir o São Paulo quando tiver a bola”.

Direção do Grêmio amplia reclamações

Desde o término do primeiro jogo, a direção gremista tem feito uma série de reclamações quanto à postura do São Paulo em campo e supostas entradas desleais. Neste sentido, o diretor-jurídico gremista fez as suas ponderações em entrevista na última segunda-feira à Rádio Gre-Nal:

“Hoje o São Paulo joga o melhor futebol do Brasil, é o líder do Campeonato Brasileiro. Mas é um time que bate muito, machuca os adversários. O Grêmio age nos bastidores, não passa nada desapercebido por nós. Nossas reclamações chegam na CBF, mas o que eles fazem com isso não sabemos”, lamentou.

Bruno Arleu Araujo será o árbitro nesta quarta-feira, 21h30, no Morumbi. Por ter feito 1×0 em casa, o Grêmio joga com a vantagem do empate para ir à final esperando América-MG ou Palmeiras.

Canal WhatsApp - Zona Mista Grêmio
Entre no canal e ative o sininho para receber as notificações

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas