Destaque na virada contra o Flamengo na Arena segue com futuro indefinido no Grêmio

Grêmio mostrou poder de reação e virou para cima do Flamengo de Tite

Publicidade

Foi a partir das escolhas do técnico Renato Portaluppi no segundo tempo que o Grêmio, com muito poder de reação, virou para cima do Flamengo no placar de 3×2 dentro da Arena pelo Brasileirão. Uma das alternativas foi o jovem André Henrique, que marcou um gol, participou de outro e se tornou um dos nomes do duelo.

Porém, o jovem é um dos jogadores com futuro incerto para a próxima temporada. Como pertence ao Hercílio Luz, de Santa Catarina, ele precisará ser comprado para continuar no Grêmio ao longo de 2024 e quem sabe por mais temporadas.

Veja também:
1 De 6.004

Segundo informações dadas pelo portal GZH, a diretoria gremista precisa desembolsar 1,2 milhão de euros (cerca de R$ 7,4 milhões) e adquirir 40% dos direitos econômicos. Os outros 40% seriam comprados em uma segunda parcela no final do ano que vem.

Renato diz estar “lapidando” o centroavante do grêmio

Sincero como de costume, Renato admitiu que André Henrique chegou ao Grêmio com “um milhão de defeitos”, mas que já está apresentando grande melhora:

“Quando chegou aqui, ele tinha um milhão de defeitos. Estou lapidando. Ele gosta de treinar e melhorou muito, nos ajuda. É um jogador de grupo”, comentou Renato, indicando que poderá dar mais chances ao jovem.

Com a volta de Suárez, que esteve suspenso na partida contra o Flamengo, o Grêmio volta a jogar já neste sábado, a partir das 19h, fora de casa, diante do América-MG. A ausência, também por suspensão, será o zagueiro Kannemann.

Canal WhatsApp - Zona Mista Grêmio
Entre no canal e ative o sininho para receber as notificações

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas