Coudet olhará mais para a base do Inter: “A bola não pede carteira de identidade”

Publicidade

Não foram poucas as vezes em que o Inter foi criticado, ao longo de 2019, por dar pouco espaço aos seus jogadores criados na categorias de base. Mas as críticas já têm hora para acabar. Segundo o novo técnico Eduardo Coudet, os jovens talentos serão analisados com carinho e tratados da mesma forma que os demais.

O lema de Coudet sobre esse assunto é bem claro: “Quem merecer, joga”. E isso independente de nome, idade, salário ou tempo de clube.

“Estou olhando bastante para os jovens do Inter. Quero ver alguns jogos deles. Especialmente aqueles que estão proximos de ter uma chance no profissional. A bola não pede documento de identidade para jogar. Se eles merecerem, vão jogar”, disse o técnico.

No atual elenco, alguns nomes já despontam como Nonato, Bruno Fuchs e Heitor. Outros garotos como Netto, Erik, Praxedes, Johnny e João Peglow também devem ganhar espaço.

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Inter em tempo real. (Clique Aqui)