Abatido, Coudet admite dor pela eliminação e evita apontar culpados: “Estamos com raiva”

Inter foi eliminado na semi da Libertadores em derrota de 2x1 para o Fluminense

Publicidade

Bastante abatido, o técnico Eduardo Coudet falou em “dor” e “raiva” na coletiva depois de Inter 1×2 Fluminense, no Beira-Rio, em jogo que tirou o colorado na fase de semifinal da Libertadores. Após a eliminação, Chacho evitou falar em culpados e já citou o Gre-Nal de domingo, 16h, também em casa, pelo Brasileirão.

Frustração da eliminação

Eles aproveitaram as finalizações que tiveram. Nós tivemos mais do que eles e só conseguimos fazer um gol. Até o gol que fizeram, eles não chegaram. Quando você tem a oportunidade, precisa fechar o jogo. Até o primeiro gol deles não havíamos sofrido, é muito difícil essa situação. Dói muito, estamos com raiva pela desilusão que causa na gente, e no torcedor principalmente

Culpados e Gre-Nal

Não é momento de buscar culpados. Nem no ataque e nem na defesa. Não matamos o jogo quando pudemos, geramos mais oportunidades do que no primeiro jogo. Agora vamos focar no Gre-Nal, ainda não ganhei um e quero ganhar

Consequências da eliminação

Fizemos o jogo que preparamos. Tivemos muitas situações para matar o jogo e não conseguimos… Eles deram dois chutes e converteram os dois. Não vou falar das consequências dessa eliminação, não estou capacitado para isso agora

Leia mais do Inter DE coudet:

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Inter em tempo real. (Clique Aqui)