Com última pendência a ser resolvida, Borré voltará à América do Sul para assinar até dezembro de 2028 com o Inter

Atacante colombiano já tem acerto prévio com o colorado para 2024

Publicidade

O Inter segue caminhando para anunciar a contratação do atacante Rafael Borré, de 28 anos, que pertence ao Frankfurt e está no Werder Bremen emprestado até a metade de 2024 – ambos os clubes são da Alemanha. Nos últimos dias, a comitiva colorada com a presença do presidente Alessandro Barcellos negociou in loco e ajustou detalhes finais com o clube detentor dos direitos, que receberá cerca de 5 milhões de euros.

Nos bastidores do Beira-Rio, Borré, que foi campeão da Libertadores de 2018 com a camisa do River Plate, é considerado parceiro ideal de ataque para Enner Valencia no esquema preferido do técnico Eduardo Coudet. De acordo com o jornalista argentio Cesar Luis Merlo, especialista em mercado de transferências, o colombiano assinará até dezembro de 2028 com o clube gaúcho.

“O SC Internacional desbloqueou a situação e Rafael Santos Borré jogará lá. A transferência já está assinada. Resta decidir se ele chega agora, como o clube pretende, ou em junho, após terminar o empréstimo ao Werder Bremen. O contrato dele será até dezembro de 2028”, informou Merlo.

O que falta entre Inter e Borré?

No momento, a última pendência envolve a liberação de Borré por parte do Werder Bremen, que o mantém em contrato de empréstimo até junho. O colorado ainda tenta a liberação antecipada, mas, na pior das hipóteses, vai ter o colombiano em seu elenco a partir de julho.

A situação se assemelha ao que ocorreu com Aránguiz e Enner Valencia no ano passado. Com ambos, o Inter encaminhou acerto no primeiro semestre, mas apenas o chileno conseguiu a liberação do Bayer Leverkusen-ALE, enquanto o centroavante só chegou ao colorado no meio da temporada após encerrar o vínculo com o Fenerbahçe-TUR.

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Inter em tempo real. (Clique Aqui)