Com elenco desfalcado, Coudet muda o Inter em todos os setores para enfrentar o São Paulo

Técnico ainda busca a sua primeira vitória dentro do Brasileirão pelo Inter

Publicidade

Esperando um bom público na noite desta quarta-feira para enfrentar o São Paulo, no Beira-Rio, a partir das 21h30, pelo Brasileirão, o Inter, do técnico Eduardo Coudet, terá que lidar com uma série de desfalques e pelos mais variados motivos. Por razões de convocação, Rochet, Aránguiz e Enner Valencia estão fora, enquanto Luiz Adriano, suspenso, também é ausência certa.

Dois jogadores lesionados fatalmente ficam fora até do banco de reservas: Vitão, com lesão muscular na coxa e Pedro Henrique, com fratura no braço esquerdo. A dúvida é sobre o aproveitamento de Johnny, que teve entorse no tornozelo direito.

Veja também:
1 De 5.995

Por todo este contexto, Coudet será obrigado a mexer em todos os setores do Inter, com uma provável escalação que tem os seguintes nomes neste momento: Keiller; Bustos, Mallo, Mercado e Renê; Gabriel, Mauricio (De Pena), Bruno Henrique e Wanderson; Alan Patrick e Lucca.

Presidente do Inter tem preocupação

Em 14° lugar na tabela com 26 pontos, o Inter, por meio do seu presidente Alessandro Barcellos, admite estar devendo no campeonato e não quer mais adiar a sua urgente recuperação:

“Temos uma preocupação de melhorar na tabela, de subir. A gente olha para frente, não olha para trás. Você tem de olhar para cima e almejar algo maior. O lugar igual na tabela não é o do Inter e acreditamos que iremos melhorar. Estamos trabalhando diante das dificuldades como a data Fifa agora, uma semifinal de Libertadores, que é a prioridade. Sabemos que é possível porque o campeonato é equilibrado, não estamos tão distantes até do G-4 e do G-6. Se olharmos que o campeonato poderá ter G-8, estamos a cinco ou seis pontos (seis do oitavo, o Fortaleza). Nós vamos brigar lá em cima, isso irá acontecer”, falou o presidente em recente entrevista ao GZH.

Canal WhatsApp - Zona Mista Inter

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas