Autuori surpreende e cita Adriano Gabiru no Inter em coletiva de imprensa: “Era execrado”

Técnico do Cruzeiro citou o autor do gol mais importante da história do Inter

Publicidade

Para defender o atacante Wesley, que perdeu gols decisivos no empate do Cruzeiro em 2×2 com o Vasco no Mineirão, o técnico cruzeirense Paulo Autuori surpreendeu em coletiva de imprensa ao citar até mesmo Adriano Gabiru. Ele lembrou que o ex-colorado era “execrado” pela torcida antes de fazer o gol mais importante do Inter.

Em 2006, Gabiru era dúvida até momentos antes da lista final do Mundial ser feita, mas acabou sendo bancado pelo treinador da época, Abel Braga. Depois, ao substituir Fernandão no segundo tempo da final contra o Barcelona, fez o gol do título mundial de 2006 com assistência de Iarley.

“Palavras são opiniões. Falo de fatos. O Adriano Gabiru, no Inter, estava sendo execrado pela torcida. O treinador acreditou, foi no Mundial e ele fez o gol do título. Esquecem tudo que falaram antes. Quando que é o jogo do Mundial, dezembro, final de temporada. O Inter ganhou o título, começa a temporada (seguinte). Fez dois, três jogos e já voltou a não valer nada. Não vamos dar ao luxo, de isso e por aquilo, de abrir mão dos jogadores e vamos em frente, sem lamentações”, afirmou Autuori, em declaração recuperada pelo Globoesporte.com.

“Já vi artilheiros no mundo sem poder repetir o que fazem na temporada. Não vou abrir mão de jogadores. Se ele faz o gol, qual era a pergunta? Se ele faz, quero saber qual era a questão. Ele perdeu? Ele perdeu. Ele sabe disso. Mas seria outro tipo de análise”, ampliou o treinador.

Autuori trabalhou no Inter recentemente

Em abril de 2022, o Inter anunciou a contratação de Paulo Autuori como diretor técnico do clube, sendo que ele havia sido o treinador da equipe no ano de 1999. Porém, ainda no final da mesma temporada de 22, ele se desligou para ir treinar o Atlético Nacional, da Colômbia.

Ajude o Rio Grande do Sul – Doe pelo PIX – CNPJ: 92.958.800/0001-38

Ajude o Rio Grande do Sul
Chave PIX - CNPJ: 92.958.800/0001-38 Instituição: Banrisul Nome: SOS Rio Grande do Sul