Cebolinha visita vestiário do Grêmio, fala em “respeito máximo” e responde se tem chances de voltar

Atacante foi criado no Grêmio e marcou um gol pelo Flamengo na Arena nesta quarta

Publicidade

Logo depois da derrota do Flamengo por 3×2 para o Grêmio, de virada, na Arena, o atacante rubro-negro Everton Cebolinha fez questão de visitar o vestiário tricolor para rever amigos de sua época. Criado na base gremista, o jogador obteve grande destaque especialmente entre 2018 e 2019, até ser vendido em agosto de 2020 para o Benfica por 20 milhões de euros.

Antes de reencontrar os antigos parceiros, Cebolinha fez um bonito gol para abrir o placar do jogo do Brasileirão. Ele fez fila ao passar por ex-companheiros como Geromel e Kannemann e, por respeito, não comemorou:

Veja também:
1 De 5.992

“É diferente. Nunca tinha vivido isso. Fiz gol no Maracanã e comemorei com minha torcida. Na vez passada, eu dei entrevista dizendo que não iria comemorar na Arena por respeito à minha história. Agora, na saída, teve torcedores pedindo para eu voltar, me aplaudindo e até dei a camisa para um torcedor que pediu. Comecei na base, subi, saí por cima, tenho um respeito máximo pelo Grêmio”, disse Cebolinha na zona mista da Arena.

Cebolinha pode voltar ao Grêmio?

No momento, Everton afirma estar “com a cabeça” no Flamengo e deu a seguinte resposta ao ser perguntado sobre uma eventual volta ao Grêmio: “Eu estou com a cabeça no Flamengo e tenho mais três anos de contrato”, disse, antes de ingressar no ônibus rubro-negro para ir embora da antiga casa.

Canal WhatsApp - Zona Mista Grêmio
Entre no canal e ative o sininho para receber as notificações

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas