O que a CBF pensa da ideia contra o rebaixamento levantada por Renato em entrevista

Técnico do Grêmio abriu o seu pensamento em entrevista ao SporTV

Publicidade

A CBF já tem conhecimento da ideia levantada pelo técnico Renato Portaluppi, na última segunda-feira, ao vivo no SporTV, no programa “Boleiragem”. Preocupado com a situação dos times gaúchos, o treinador sugeriu que nenhum time possa ser rebaixado na Série A e que, em 2025, o campeonato seja disputado com os atuais 20 clubes e os quatro que subirem da segunda divisão.

Inicialmente, a entidade se mostra contra a ideia, embora esteja em contato com os times gaúchos e procurando formas de dar ajuda neste momento delicado. Recentemente, em entrevista ao site Globoesporte.com, o presidente Ednaldo Rodrigues passou a postura da CBF sobre o tema trazido agora por Renato:

Veja também:
1 De 5.992

“Essa teoria eu não concordo. De imediato eu rechaço. Quando se faz uma competição, se obedece leis e princípios. E as competições têm interdependência umas com as outras. Quatro clubes sobem de divisão, quatro são rebaixados. Quem tem o bônus também tem que ter o ônus. Não se pode dizer ‘[um time] não vai ser rebaixado’ se [o mesmo time] puder ser campeão. Fere os princípios da moralidade”, afirmou o presidente da CBF.

Mesmo que tenha pouca probabilidade de vigorar, a ideia de Renato será debatida na reunião do Conselho Técnico da CBF com todos os clubes no próximo dia 27. Caso exista uma unaminidade dos times aprovando o pleito, a entidade pode rever o seu posicionamento, da mesma forma que foi na recente suspensão de duas rodadas do campeonato.

O que disse Renato?

Na entrevista que deu ao SporTV, Renato citou questões como falta de ritmo de jogo e distância da torcida como os principais problemas que os gaúchos vão ter:

“Ou para o campeonato ou ninguém seja rebaixado. Lá no RS, temos três clubes na primeira divisão que serão muito prejudicados no Brasileirão. Tem outras competições também. Daqui a pouco, se cai na zona do rebaixamento, para sair de lá com todos os problemas é difícil. Eu espero que a CBF busque soluções, senão infelizmente a coisa vai ficar feia para os gaúchos”, apontou Renato.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Canal WhatsApp - Zona Mista Grêmio
Entre no canal e ative o sininho para receber as notificações

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas