fbpx

“Atuação daquelas” x “ele é a vítima”: jornalistas divergem sobre atuação de Dourado diante do Bragantino

Volante saiu como titular do time treinado por Mano Menezes na noite deste domingo

O volante Rodrigo Dourado foi mantido pelo técnico Mano Menezes na escalação inicial do Inter diante do Bragantino e teve a companhia de Gabriel no jogo que terminou, em Bragança Paulista, com vitória de 2×0 do colorado pelo Brasileirão. Dourado não fez toda a partida e saiu no segundo tempo para a entrada de De Pena, autor do segundo gol de pênalti.

Durante a partida, a atuação do volante colorado rendeu debate entre alguns jornalistas gaúchos, que não concordaram sobre o seu desempenho. Para Cristiano Munari, do site GZH, Dourado teve mais uma “atuação daquelas”, em tom crítico ao jogador.

Já Diori Vasconcellos, da Rádio Gaúcha, avaliou que, nesta específica partida, ele acabou sendo “vítima” do esquema de Mano que quis jogar com dois volantes, “liberando” Dourado para sair mais:

Mano explica Dourado e Gabriel juntos

Em sua coletiva de imprensa habitual após as partidas, Mano explicou por qual razão sacou De Pena do time titular para jogar com dois volantes de maior poder de marcação:

“Pena tinha condições de iniciar. Foi uma escolha minha em função do histórico do adversário como mandante. Um início sempre avassalador. Precisávamos de um jogador a mais de contenção. Pena foi contratado para ser extrema e eu o convidei para ser um médio, um volante. Fico feliz pelo reconhecimento externo, pois é sinal que acertamos. Mas o Inter não tem nenhum jogador que não possa ficar no banco. E nenhum que não possa jogar”, declarou Mano.

Agora no 7° lugar da tabela do Brasileirão com 14 pontos, o Inter fica em São Paulo e volta a atuar já na quarta-feira, 21h30, diante do Santos, na Vila Belmiro.

CLIQUE NAS MANCHETES ABAIXO PARA LER MAIS NOTÍCIAS SOBRE O INTER:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas