Arthur reforça carinho pelo Grêmio, mas diz que ainda falta tempo para voltar: “Tenho chão na Europa”

Volante de 27 anos atualmente defende as cores da Fiorentina, da Itália

Publicidade

Nome emblemático e decisivo na conquista do tri da Libertadores em 2017, o volante Arthur não perde jamais o carinho pelo Grêmio e também não descarta voltar ao clube futuramente. Mas, agora, com 27 anos, ele segue se vendo ainda por bastante tempo na Europa – no momento, ele defende a Fiorentina, onde está emprestado pela Juventus, ambos da Itália.

Em entrevista concedida ao site Globoesporte.com, o jogador indicou que acha que “falta muito tempo” para voltar ao futebol brasileiro. Ele também revelou ter tido uma proposta durante 2023 do Fluminense.

Veja também:
1 De 6.000

“Acho que falta muito tempo (para voltar ao Brasil). Tenho muito chão na Europa e minha cabeça está aqui. Mas todo mundo sabe que sou gremista de coração. Tenho um carinho muito grande pelo Grêmio. Foi onde comecei o sonho de jogar futebol. E foi o Grêmio que me deu essa oportunidade. É meu time coração no Brasil e fiz grandes amizades. Quem sabe um dia? Não tenho essa coisa na minha cabeça de que com certeza vou voltar, mas o tricolor sempre estará no meu coração”, comentou.

Arthur se vê mais maduro

No pensamento de Arthur, as suas passagens por Barcelona, Liverpool e Juventus serviram de amadurecimento no futebol da Europa:

“Depois do Barcelona, estive na liga Italiana e na Premier League. Aprendi com essas ligas. Me sinto mais maduro. Fisicamente, nunca estive nesse nível que estou hoje. Busquei, trabalhei bastante por esse nível físico. Futebol é muito dinâmico, tem que estar bem fisicamente. Estou muito feliz com isso, e as experiências dessas três ligas. Então, para mim, é a melhor fase da minha carreira. Com certeza, para mim, é onde me sinto mais preparado, mais pronto”, concluiu.

Leia mais do Grêmio:

Canal WhatsApp - Zona Mista Grêmio
Entre no canal e ative o sininho para receber as notificações

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas