Após saída de Darlan, Grêmio também encaminha empréstimo do meia Everton Cardoso; destino é o Cuiabá

Tricolor segue reduzindo o elenco e diminuindo a folha salarial para o ano de 2022

Após encaminhar o empréstimo do volante Darlan ao Juventude, o Grêmio enfim encontrou um clube para o meia Everton Cardoso, que será jogador do Cuiabá por empréstimo de uma temporada. A negociação avançou nos últimos dias, e os dois clubes deverão dividir o salário do meia-atacante.

Assim, é possível imaginar que Everton não volte a jogar com a camisa do Grêmio, uma vez que tem contrato somente até dezembro de 2022, que é o prazo acertado do empréstimo com o Cuiabá. Após o prazo, ele passa a ser dono dos seus direitos econômicos.

Everton já vinha fora dos planos do Grêmio há algum tempo e chegou a treinar em separado durante 2022 ao lado de Paulo Victor e Victor Ferraz – os dois também já saíram do clube. As últimas chances recebidas pelo meia no tricolor foram ainda sob comando do técnico Luiz Felipe Scolari, o Felipão.

O jogador chegou ao Grêmio no meio de 2020, por aprovação do técnico Renato Portaluppi, que gostou, na época, da troca feita com o atacante Luciano. O salário alto, de cerca de R$ 500 mil mensais, também pesou contra Everton nas avaliações da torcida.

Além de tudo, o Grêmio ainda busca reduzir o elenco, já que o técnico Vagner Mancini planeja trabalhar com 28 atletas em 2022. O zagueiro Paulo Miranda também conversa com o Juventude e está perto de sair.

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Notícias do Grêmio em primeira mão:

Veja também:

1 De 6
Comentários
Loading...