Após reestreia, Douglas Costa prega cautela por ritmo de jogo e critica 1° tempo do Grêmio: “Irreconhecível”

Meia-atacante gremista concedeu entrevista ao SporTV depois da sua estreia pelo tricolor

A aguardada reestreia de Douglas Costa com a camisa do Grêmio terminou com uma frustrante derrota por 1×0 para o Sport, na Ilha do Retiro, mantendo o jejum gremista de vitórias no Brasileirão – agora, o time treinado por Tiago Nunes amarga três derrotas em três jogos na tabela.

Douglas entrou antes dos 20 minutos da etapa final na vaga de Luiz Fernando e fechou o jogo com duas finalizações – uma para fora e outra facilmente defendida por Maílson. Ao SporTV na saída de campo, o camisa 10 pediu mais tempo para readquirir ritmo e criticou o primeiro tempo da equipe:

“Realização de mais um sonho (voltar a jogar no Grêmio). Mas no segundo tempo nos comportamos melhor. No primeiro fomos irreconhecíveis. Agora é botar em prática isso de conter a bola e fazer o rival correr. É isso que temos que trabalhar”, lamentou.

“Quatro meses fora, o ritmo… é algo que ganharei com o tempo. Vamos trabalhar durante a semana para que eu siga dando o meu máximo para ajudar. Preciso jogar, não sei quanto tempo, ainda é cedo, mas preciso estar no campo”, acrescentou o principal reforço da temporada.

Com o camisa 10 à disposição, o Grêmio encara o Cuiabá fora de casa no domingo, às 16h. O tricolor é o lanterna após três jogos e três derrotas em um início abaixo do esperado.

  • Clique aqui para entrar no grupo 26 para acompanhar as notícias do Grêmio.
  • Clique aqui para entrar no grupo 27 para acompanhar as notícias do Grêmio.