Após lesão de Soteldo, jornalista detona disputa do Gauchão e critica direções de Inter e Grêmio

Para o jornalista Diogo Rossi, dupla Gre-Nal não administra o Gauchão como deveria

Publicidade

Antes mesmo da confirmação da lesão muscular no adutor direito de Soteldo, que vai ter que parar por dois a três meses, o jornalista Diogo Rossi deixou uma crítica envolvendo Grêmio, Inter e Gauchão durante esta quinta-feira no programa Os Donos da Bola, da TV Bandeirantes. Em sua análise, a dupla Gre-Nal valoriza de forma excessiva esta disputa e depois acaba arcando com as consequências:

“Quando a gente vai discutir a validade do Gauchão? Quanto vale investir milhões em jogador para este campeonato? Não é o gramado da Arena, de Bagé, de Pelotas, não é isso. Ontem, o Grêmio jogou pela quarta vez em 11 dias. Os dirigentes de Grêmio e Inter colocam os seus melhores jogadores por medo. O medo de perder o Gre-Nal e o estadual”, lamentou Rossi, antes de continuar o seu raciocínio:

“Chega! É patético jogar o estadual assim. Quanto tempo o Soteldo ficará fora agora? Ele jogou os quatro jogos também pela ausência de opções no plantel. Mas é porque os dirigentes querem ganhar este campeonato a qualquer custo. Com todo respeito, chega”.

Lesão de Soteldo reduz opções do Grêmio

Pelo tempo de parada imaginado, Soteldo perderá o Gre-Nal no Beira-Rio no dia 25 e também corre o risco de ficar fora das partidas de mata-mata do Gauchão. Ele foi um dos reforços oficiais do clube para a temporada, assim como o goleiro Agustín Marchesín e o volante Dodi.

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Grêmio em tempo real. (Clique Aqui)