Após eliminação, Felipão lembra lance decisivo em Quito e evita reclamar do juiz: “Eles que comandam o espetáculo”

Técnico Luiz Felipe Scolari concedeu coletiva depois da derrota de 2x1 para a LDU na Arena

Os gols perdidos por Ricardinho já nos acréscimos do jogo de ida em Quito e o lance sequer finalizado por Léo Pereira quando o jogo desta terça estava em 1×1, na Arena, foram lembrados pelo técnico Luiz Felipe Scolari após a queda do Grêmio para a LDU – os equatorianos venceram por 2×1 em Porto Alegre e foram às quartas da Sul-Americana.

“Quando a gente tem a oportunidade, a gente tem que acabar com o jogo logo. Tivemos em Quito uma oportunidade de ouro e não aproveitamos. Aqui tivemos duas oportunidades e não aproveitamos”, reclamou o treinador.

O Grêmio, de modo geral, saiu reclamando da decisão do árbitro José Argote em dar pênalti de Fernando Henrique após consultar o VAR. O lance gerou o gol da classificação da LDU:

“Nós interpretamos que houve falta antes, mas ele interpretou assim e a gente tem que ficar quieto. Ele foi o árbitro da Copa América, então… não tem que discutir com eles, eles são os que mandam no espetáculo e nós temos que jogar futebol”, acrescentou Felipão, que também falou da liberdade que a LDU teve em alguns momentos na Arena:

“Nós cedemos espaço porque a LDU tem um bom time, futebol de muita qualidade. Eles tem uma forma de jogar em que nós nos perdemos na marcação em determinados momentos”.

Próximo jogo do Grêmio: sábado, 17h, contra o América-MG, pelo Brasileirão, na Arena. Ainda resta a Copa do Brasil. Jogos contra o Vitória pelas oitavas:

– Terça que vem, fora, dia 27, às 21h30
– Volta dia 3 de agosto, na Arena, também 21h30

  • Clique aqui para entrar no grupo 26 para acompanhar as notícias do Grêmio.
  • Clique aqui para entrar no grupo 27 para acompanhar as notícias do Grêmio.