André Cury, empresário de Aránguiz e Yuri Alberto, abre o jogo sobre as chances de retorno da dupla ao Inter

Inter aguarda a janela de julho para apresentar novos jogadores ao técnico Mano Menezes

Publicidade

Enquanto segue lutando na parte de cima da tabela do Brasileirão, o Inter trabalha nos bastidores para buscar reforços e dois velhos conhecidos da torcida estão na pauta: o volante chileno Charles Aránguiz, que tem mais um ano de contrato com o Bayer Leverkusen-ALE e tenta liberação e o centroavante Yuri Alberto, que ainda não se reapresentou no Zenit-RUS.

“Aránguiz está tentando a liberação na Alemanha. Todo dia a mesma novela. O caminho se conseguir a liberação é o Inter”, disse o empresário André Cury, ao jornalista Vagner Martins, sobre a atual situação vivida pelo volante de 33 anos.

Aránguiz deixou o Inter em agosto de 2015 e já soma 7 anos atuando pelo Leverkusen. Ele entende que o seu ciclo na Europa encerrou e vê com ótimos olhos uma volta ao Beira-Rio. O namoro entre as partes é antigo e o Inter fez uma tentativa no fim de 2019, mas não teve sucesso.

Cury também é empresário de Yuri Alberto e admitiu que o projeto no Zenit, por conta da guerra entre Rússia e Ucrânia, sofreu alterações. O Inter, no entanto, tem concorrência:

“Vou conversar com o jogador para saber qual o desejo dele. O Inter quer e formalizou o interesse. Flamengo e Atlético-MG também querem e podem pintar oferta da Europa. O projeto na Ucrânia mudou e ficou comprometido”, acrescentou o agente.

Nesta semana, a Fifa decidiu que, pela guerra, todos os jogadores estrangeiros que atuam na Rússia e Ucrânia estão autorizados a suspender os contratos com os seus clubes até junho de 2023. A normativa também pode influenciar nos futuros de Vitão e Wanderson, atuais titulares do Inter.

CLIQUE NAS MANCHETES ABAIXO PARA LER MAIS NOTÍCIAS SOBRE O INTER:

Ajude o Rio Grande do Sul – Doe pelo PIX – CNPJ: 92.958.800/0001-38

Ajude o Rio Grande do Sul
Chave PIX - CNPJ: 92.958.800/0001-38 Instituição: Banrisul Nome: SOS Rio Grande do Sul