Zé Ricardo divide responsabilidade e fala que alguns jogadores sentem a pressão

Publicidade

O termo “pressão” foi usado mais de uma vez pelo técnico Zé Ricardo para justificar o momento do Inter. Em coletiva dada nesta quarta-feira, ele viu a derrota de 2×1 para o São Paulo como justa e lamentou o tropeço em uma “final” visando a vaga direta na Libertadores, que agora não pode mais ser alcançada.

“A pressão é muito grande. Isso faz com que alguns jogadores sintam. A bola no nosso pé e nos cometemos dois erros em uma partida que era uma final pra gente”, disse, antes de acrescentar:

“O resultado final da partida foi justo. Não fizemos por merecer resultado melhor. O São Paulo foi melhor. Até os 15 minutos, fizemos um bom jogo. A partir daí, caímos de produção. O gol numa saída de bola. O São Paulo conseguiu o passe para o Antony e foi feliz. No segundo tempo, a postura nossa era para ser um pouco melhor. Fato é que a bola parada a nosso favor deu contra-ataque. Não soubemos parar a jogada. O segundo gol acabou acontecendo”.

Nesta quinta, o Inter torce para que o Goiás não vença o Palmeiras fora de casa. Assim, estará garantido na pré-Libertadores. No domingo, o colorado se despede do ano em casa contra o Atlético-MG.

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Inter em tempo real. (Clique Aqui)