fbpx

Vitão reforça luta contra o preconceito e explica empurrão dado em Rafael Ramos: “Os meus eu defendo”

Jovem zagueiro vem sendo titular do Inter neste momento da temporada de 2022

Titular do Inter neste momento da temporada de 2022 sob comando de Mano Menezes, o zagueiro Vitão não pensou duas vezes antes de defender Edenilson no polêmico caso de sábado passado. Ao saber do suposto ato de racismo, o jogador colorado foi imediatamente tirar satisfações do lateral-direito do Corinthians, Rafael Ramos, empurrando o rival – reveja mais abaixo.

“Eu sempre vou proteger os meus. O Edenilson sabe o que ele escutou e não podemos deixar um caso desse tipo passar. Mas Deus é justo e abençoou ele com dois gols no jogo de ontem”, comentou o jogador em entrevista dada à Rádio Gre-Nal.

Conforme mencionado por Vitão na entrevista, Edenilson brilhou com os dois gols do 2×0 feito pelo Inter sobre o Independiente Medellín, no Beira-Rio, pela Sul-Americana, na quarta-feira. E, após o jogo, deu coletiva falando abertamente do triste episódio:

“Mentiroso, surdo, foram coisas que eu ouvi. Mesmo eu sabendo o que escutei. Pra mim está claro e as imagens estão ali para serem analisadas. Não quero ser julgado. Não quis dar entrevista naquele dia para respeitar o Rafael e sua carreira. Assim como não entendi o porquê do xingamento dele pra mim. Queria que assumisse o erro, me pedisse desculpas e que fôssemos ao delegado para ver se, de repente, haveria uma pena menor se assumisse a culpa. Mas aqui no Inter eu estou há cinco anos e tenho amigos que me deram muita força. Quase não falamos sobre o assunto. Queria me divertir no jogo de hoje também. Futebol é isso e fico feliz com os gols”, lamentou o camisa 8.

Com Vitão e Edenilson, o Inter trabalha visando a partida de sábado, 19h, fora de casa, diante do Cuiabá, pelo Brasileirão.

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas