Teve palavrão: o forte desabafo de Maicon pela queda do Grêmio na Libertadores

Publicidade

De todas as entrevistas do Grêmio após a derrota por 5×0 para o Flamengo, nesta quarta-feira, no Maracanã, que custou a vaga na final da Libertadores, a mais forte foi a de Maicon. Visivelmente frustrado, ele desabafou sobre o placar, a fase do time e a forma como a imprensa brasileira trata o futebol.

O ex-capitão gremista não avaliou o insucesso como “vexame” e lamentou que, no Brasil, não exista diferença no tratamento entre o segundo colocado e o último.

“Não tem vexame aqui não. Somos pais de família e trabalhadores (…). Futebol no Brasil é o resultado. Se não levar troféu, não serviu de nada. Ser segundo ou ser último lugar é a mesma m…”.

Maicon disse que foi a primeira vez na carreira que sofreu uma derrota de 5×0.

“Derrota nunca é normal. 5 a 0 menos ainda. Foi a primeira vez em 15 anos de carreira que eu perdi por 5 a 0. Quem aceita a derrota não pode jogar. As coisas não ocorreram da maneira que a gente queria. Temos que levantar a cabeça”.

Sem tempo para lamentações, o Grêmio passa a focar exclusivamente no Brasileirão e tem o Botafogo, na Arena, domingo, a partir das 16h.

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Grêmio em tempo real. (Clique Aqui)