Sobis faz novas revelações sobre Corinthians x Inter em 2005 e diz que filho menor é louco pelo colorado: “Chega a chorar”

Ex-atacante, que pendurou recentemente as chuteiras pelo Cruzeiro, voltou a falar do colorado

Bicampeão da Libertadores pelo Inter nos anos de 2006 e 2010, Rafael Sobis olha para trás e ainda lamenta não ter ajudado o clube a sair da fila no Brasileirão, algo que esteve perto de acontecer em 2005 na polêmica edição vencida pelo Corinthians. Aquela campanha voltou a ser lembrada pelo jogador em entrevista ao jornalista Rica Perrone, no YouTube, nesta semana, com revelações que vão mexer novamente com a torcida colorada.

Sobis, autor do gol no empate em 1×1 contra o Corinthians, no Pacaembu, no famoso jogo do pênalti não marcado por Márcio Rezende de Freitas em Tinga, disse ter obtido informações anos depois com jogadores rivais que levantam suspeitas sobre a postura da arbitragem na partida:

“Eu tinha 20 anos, também não entendia muito. Mas foi bizarro aquilo lá. Ainda mais vendo as imagens. Outra coisa que eu acho é que o juiz tem que dar entrevista. Perguntei pro Gaciba uma vez e ele disse que os árbitros não estavam preparados. Mas e o jogador está? Jogador de futebol, se brincar, não sabe nem viajar sozinho. Sobre o pênalti contra o Corinthians, o Tinga até fala na hora: ‘Tu pode não dar o pênalti, mas não me expulsa’. Os jogos anulados nem tenho opinião. Mas aquele jogo foi muito estranho. Era o último jogo do cara (árbitro)… depois de um tempo, eu já ouvi jogadores do Corinthians da época me dizendo que era pra cair na área, que ‘hoje estava de boa’. Não foi o árbitro que falou, mas alguém fez chegar assim neles. Não posso provar, nem falarei o nome dos jogadores”, contou Sobis.

Pelo Inter, foram três passagens diferentes e uma relação de amor que é cultivada em casa com os dois filhos, principalmente com o mais novo:

“Eu amo o Inter. Eu cresci ali, cara. Eu vi o Inter mudar, vi o Inter crescer, morei na arquibancada. Tenho vários pais na carreira. Um deles é o Fernando Carvalho, que é demais. Eu estava na base e ele virou a chave. É difícil fazer um clube andar. E no Sul é assim, nunca os dois estão bem. Meus dois filhos são apaixonados pelo Inter. O menor, que não pegou toda aquela fase, é ainda mais louco pelo Inter. Chora pelo Inter”, citou o agora ex-jogador.

Confira a entrevista de Sobis:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Notícias do Inter em primeira mão:

Veja também:

1 De 6
Comentários
Loading...