Se for campeão da Copa do Brasil, Inter jogará competição nova no calendário

Motivos não faltam para o Inter entrar “rasgando” com tudo na disputa da final da Copa do Brasil. Nos dias 11 e 18 de setembro, com a decisão em Porto Alegre, o Inter lutará contra o Athletico pela cobiçada taça e pela chance, por exemplo, de jogar em 2020 uma competição ainda inédita no calendário brasileiro.

É a Supercopa do Brasil, inspirada na Recopa Sul-Americana, que promoverá o duelo entre o campeão da Copa do Brasil e o da Série A do Brasileirão no ano anterior. A CBF anunciou a criação da disputa, em jogo único, no início da temporada. Esse confronto, que certamente terá Inter ou Athletico, será no dia 22 de janeiro de 2020.

Veja também:
1 De 6.090

Além disso, o Inter mira seguir faturando bastante na lucrativa Copa do Brasil. Até agora, o clube já embolsou R$ 12,5 milhões pelas fases anteriores e tem no mínimo mais R$ 21 milhões garantidos caso ficar com o vice-campeonato. Se for campeão, levará R$ 52 milhões, gerando um total de R$ 63,35 mi.

O Inter está voltando à final da Copa do Brasil dez anos depois de ter perdido para o Corinthians, em 2009.

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas