Sangrando, Guerrero surta com a arbitragem, faz gestos e é expulso

Publicidade

O centroavante Paolo Guerrero se tornou um dos personagens do primeiro tempo de Flamengo e Inter, no Maracanã, nesta quarta-feira, pelo Brasileirão. Ele sequer virou toda a etapa em campo, já que ganhou cartão vermelho do árbitro Luiz Flávio de Oliveira antes dos 45 iniciais.

O peruano se chocou de cabeça com Rodrigo Caio e sangrou muito no rosto. Fez gestos indicando que havia recebido cotovelada e se descontrolou em campo. Antes, reclamou de um pênalti não dado feito pelo próprio Caio. Guerrero ainda foi visto fazendo gestos de “positivo” para a câmera em uma clara ironia.

O lateral Bruno já havia sido expulso ao cometer pênalti em Gabigol, que fez o gol do Fla. Edenilson empatou no início do segundo tempo, parcialmente.