“Salário em dia, futebol atrasado” – Novo protesto no Beira-Rio tem alvos claros e cobranças; assista

Torcedores fizeram protestos neste sábado nos arredores do Beira-Rio e CT Parque Gigante

Publicidade

Com faixas e gritos de ordem, estabelecendo alvos claros, torcedores do Inter reservaram a manhã deste sábado para um protesto em frente ao Beira-Rio e ao CT Parque Gigante. Uma das principais mensagens em cartaz dizia: “Salário em dia, futebol atrasado”.

A manifestação surge três dias depois da eliminação nos pênaltis para o América-MG nas quartas de final da Copa do Brasil e um dia antes do importante jogo contra o Fluminense, em casa, pelo Brasileirão.

Confira como foi o protesto:

As principais frases:

“Jogadores, não sejam mercenários, e honrem a camiseta que paga o teu salário”

“Não é mole não, eu tô cansado de time amarelão”

“Caetano, c…, pede demissão”

“Ei, Medeiros, vai tomar no c…”

O protesto não teve incidente violento e foi “supervisionado” por policiais. No Brasileirão, o Inter é o 2° colocado com 36 pontos e perdeu a liderança na última rodada ao levar 2×0 do Santos fora de casa.

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Inter em tempo real. (Clique Aqui)