Rodinei projeta duelo com Ferreira no Gre-Nal e fala sobre reclamações ao gramado: “Se é ruim, temos que nos adaptar”

Lateral-direito colorado concedeu coletiva de imprensa durante a manhã desta sexta-feira

Publicidade

Em alta na temporada de 2021 vestindo a camisa do Grêmio, Ferreira terá um duelo particular no Gre-Nal de domingo diante de Rodinei, a partir das 16h, no Beira-Rio, pela ida da semifinal do Gauchão. Nesta sexta, o lateral-direito colorado concedeu coletiva e encarou com normalidade o fato de ter que marcar o destaque rival.

“Eu encaro como mais um jogo. Todos os Gre-Nais eu já enfrentei o Pepê, o Everton Cebolinha e também o Ferreirinha. É mais um jogo normal. Claro que é um jogo que envolve muitas coisas, um jogo diferente até por ser final. Vou aguardar o que o professor Miguel vai me passar e domingo é tentar fazer um grande jogo para dar um passo importante”, declarou.

Reserva na derrota de 2×1 para o Táchira na Venezuela pela Libertadores, na terça, Rodinei confirmou que o gramado era “muito ruim”, mas não quis dar essa desculpa em cima da derrota.

“A gente vinha numa sequência de vitórias muito boa, fazendo partidas agradáveis, mas no futebol acontece. Tem horas que as coisas não saem como a gente treina. E fomos derrotados. O campo realmente era muito ruim, mas hoje em dia não é desculpa. Se é ruim, temos que nos adaptar com outra maneira de jogar. Jogar mais na disposição, na vontade. Mas não vem ao caso ficar falando. Derrotas acontecem mais do que vitórias no futebol”, ampliou.

Confira a íntegra da entrevista de Rodinei:

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Inter em tempo real. (Clique Aqui)