Renato revela datas alternativas para a final da Copa do Brasil e dá puxão de orelha em empresário de Pepê

Confira mais detalhes da coletiva de imprensa do técnico Renato Portaluppi nesta quarta-feira

Publicidade

A vitória de 2×1 sobre o Bahia nesta quarta-feira, na Arena, colocou o Grêmio em 4° lugar no Brasileirão com 48 pontos, mas não necessariamente foi o principal assunto da coletiva de imprensa do técnico Renato Portaluppi, que revelou as datas “alternativas” para as finais da Copa do Brasil contra o Palmeiras.

Como o Verdão venceu o River Plate fora de casa por 3×0 nesta terça, mesmo na Argentina, deverá fatalmente fazer a final no fim de janeiro. Caso vença o torneio, terá o Mundial no início de fevereiro – inicialmente, as finais com o Grêmio estão marcadas para os dias 3 e 10 de fevereiro.

“A gente não sabe se o Palmeiras vai fazer a final, mas se fizer a final e for campeão vai ter que viajar para Abu Dhabi e pelo que fiquei sabendo, a final da Copa do Brasil ficaria para o dia 28 de fevereiro e nos primeiros dias de março, mas isso quem tem que se preocupar é a diretoria”, colocou.

Renato, sobre esse assunto, revelou ter conversado com o presidente Romildo Bolzan Jr logo depois do jogo diante do Bahia. O mandatário está em contato com a CBF, que teria como data “reserva” o dia 28 de fevereiro e 3 de março.

Renato critica empresário de Pepê

A recente entrevista de Adriano Spadotto, empresário de Pepê, à imprensa italiana, declarando que o preço do jogador era 20 milhões de euros, parece não ter agradado o comandante gremista, que teceu várias críticas à postura do agente:

“Daqui a pouco, os empresários ficam botando minhoca na cabeça do jogador, daqui a pouco ele não está aqui e é desvalorizado lá fora. Vamos pensar com um pouco de inteligência. Vamos deixar o jogador aqui, com calma. Calma nessas horas, deixa o garoto até o final do campeonato brasileiro e da Copa do Brasil. Para de colocar minhoca na cabeça do jogador. Aí depois vocês sentam com a diretoria e definam. Ele tem contrato do Grêmio e vai ficar. Ponto”, colocou Renato, antes de terminar:

“O próprio empresário do jogador deveria pensar que se ele for campeão ele será valorizado, e os empresários têm se aproveitado muito do clube ultimamente. Ninguém conhecia o Pepê há dois anos. O empresário bota minhoca na cabeça do jogador”.

No Brasileirão, o tricolor está agora em 4° com 48 pontos e visitará o Fortaleza no Castelão, no sábado, às 21h.

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Grêmio em tempo real. (Clique Aqui)