Renato responde se “tríplice coroa” é possível, explica corneta em Pepê e vê Grêmio com o melhor futebol do país

Confira mais detalhes da coletiva de imprensa do treinador do Grêmio na tarde deste domingo

Publicidade

Os 16 jogos de invencibilidade já fazem o torcedor do Grêmio sonhar alto, e o técnico Renato Portaluppi demonstra entender a empolgação, conforme fez em sua coletiva de imprensa após a goleada de 4×0 sobre o Vasco, na Arena, pelo Brasileirão. Para o treinador, nem a conquista de uma eventual “tríplice coroa” pode ser descartada.

VEJA MAIS – Confira os gols de Grêmio 4×0 Vasco da Gama

Embora não considere o tricolor favorito em nenhuma das três competições, Renato promete muito trabalho no dia a dia para a conquista de títulos – ele lembrou, também, que apenas o Palmeiras ao lado do Grêmio segue vivo na Libertadores e na Copa do Brasil.

“Todos os anos sob o meu comando, eu coloco o meu grupo para disputar todas as competições. Tanto é que é o meu grupo que sempre se classifica para a Libertadores e fica entre os primeiros. Em quatro anos, eu nunca deixei de acreditar no meu grupo. Eu respeito o adversário, mas sempre digo que os bons são eles. A gente trabalha muito para buscar os títulos e tomara que a gente consiga”, declarou.

Já na quarta-feira, 19h15, o tricolor encara o Santos na Arena pela ida das quartas da Libertadores. Na Copa do Brasil, o rival é o São Paulo na semi. E, no Brasileirão, o time pulou para 4° com 40 pontos.

Zoeira em Pepê e “melhor futebol do brasil”

Ao deixar o campo cabisbaixo para a entrada do meia Robinho, logo depois de ter acertado o travessão, Pepê recebeu a corneta de Renato, que prometeu mostrar a ele o seu DVD de lances na época de jogador – reveja:

Na coletiva, Renato manteve o tom de brincadeira, mas também fez muitos elogios ao jovem atacante de 23 anos:

“Eu vou dar o meu DVD pra ele (Pepê). Não é fácil, porque não é montagem. Mas ele vem evoluindo cada vez mais. Há um tempo atrás já brinquei com o Pepê e alguns cornetinhas falaram que eu tinha brigado com ele, é complicado, mas o mais importante é o que acontece dentro do grupo. Ele é um jogador que sai frustrado quando não faz gol ou joga bem, e também quer jogar sempre. São características que eu gosto muito nele”, falou o chefe.

Evitando comparar o atual com o Grêmio com os dos anos anteriores, Renato confirmou que considera, neste momento, o seu time com o “melhor futebol do Brasil”.

“Joga. Pelo que tenho visto, e com respeito aos adversários, o Grêmio joga o melhor futebol do Brasil. O que vem acontecendo, pra mim não é surpresa nenhuma. Eu sei a qualidade do meu grupo”, finalizou.

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas