Renato mostra emoção e lembra quando Maradona se ajoelhou em sua frente: “Pra mim, nunca morrerá”

Técnico gremista gravou um vídeo para lamentar a passagem de Diego Armando Maradona

Publicidade

No dia que ficou tristemente marcado pela morte de Diego Armando Maradona, vítima de parada cardiorrespiratória aos 60 anos, na Argentina, o técnico gremista Renato Portaluppi fez questão de gravar um vídeo para lamentar o fato e destacar a amizade que mantinha com o astro.

O vídeo foi publicado nas redes sociais oficiais do Grêmio e tem Renato recordando, por exemplo, a inesquecível cena de Maradona ajoelhado em sua frente como forma de reverência antes de um amistoso feito por Zico:

“O futebol, o mundo, perdeu um gênio, uma lenda. Jogador extraordinário e amigo. Comecei uma amizade com o Maradona em 1988 e por isso guardo com carinho a imagem onde ele cumprimenta todo mundo e se ajoelha na minha frente em um jogo no CFZ, do Zico. Foi um gesto de carinho pela nossa amizade. É um dia triste porque pensamos que os ídolos e os gênios nunca vão morrer. E para mim nunca morrerá”, declarou Renato.

“Meus sentimentos à família dele. Vá em paz, meu amigo! Você deixará muita saudade. Tive muito orgulho de ser seu amigo, ter dado muitas risadas com você e ter jogado com você”, concluiu o técnico do Grêmio.

Por conta da morte de Maradona, Inter x Boca Juniors foi adiado para quarta-feira que vem, dia 2. O restante da rodada da Libertadores, com Guaraní x Grêmio nesta quinta, está mantido. Relembre o gesto de reverência de Maradona a Renato:

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas