Renato fala em “vergonha”, cita complô e sugere que a Transição termine o Brasileiro: “Querem o Inter campeão?”

Técnico gremista Renato Portaluppi se irritou muito com a derrota pelo placar de 2x1 para o Inter

Publicidade

A irritação tomou conta do técnico Renato Portaluppi em sua coletiva de imprensa depois de Inter 2×1 Grêmio, na tarde deste domingo, no Beira-Rio. Ele reclamou dos lances de Nonato em Ferreira e depois do pênalti dado por braço de Kannemann – eles não foram consultados pelo VAR e as decisões do juiz Luiz Flávio de Oliveira contrariou o tricolor.

“Eu quero que essa entrevista vá para o Brasil inteiro ver e que vocês mostrem os lances do jogo. A gente leva critica toda semana, mesmo disputando três competições, mas tem gente que não quer que o Grêmio chegue”, esbravejou Renato.

“Vocês me criticam porque o Grêmio não querer o Brasileirão. A gente quer. Mas não deixam a gente ganhar. Tem cartas marcadas? É para o Inter ser campeão? Se o presidente me autorizar, vamos jogar com a Transição até o fim do campeonato e pensar só na Copa do Brasil”, disparou o treinador.

Veja:

Com o resultado adverso, o Grêmio, além de perder a invencibilidade de 11 jogos em Gre-Nais, estaciona em 6° lugar com 51 pontos e tem o jogo atrasado, na Arena, na quinta, contra o Flamengo.

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Grêmio em tempo real. (Clique Aqui)