Renato elogia Vanderson, vibra com volta de Alisson e mira decisão contra o São Paulo: “Tudo pode acontecer”

Confira mais detalhes da coletiva de imprensa do técnico Renato Portaluppi neste domingo

Publicidade

Satisfeito com a vitória de 2×1 diante do Atlético-GO na Arena, que faz o Grêmio terminar 2020 em 5° no Brasileirão com 45 pontos, o técnico Renato Portaluppi concedeu coletiva virtual de imprensa após o jogo fazendo elogios a jovens como Vanderson e Ruan, além da análise do retorno de Alisson e da projeção da decisão de quarta, 21h30, no Morumbi, contra o São Paulo, pela volta da semi da Copa do Brasil.

Ano do Grêmio

“Clubes disputando apenas uma competição, e estando do nosso lado. Ninguém quer saber dos problemas do Grêmio, as pessoas querem cobrar. Quem sabe algumas pessoas pensam que o Grêmio não teve tempo para treinar e avançou nas três competições. A cobrança é sempre do lado do Grêmio. Clube disputando uma competição e praticamente do nosso lado na tabela. Será que o trabalho não é bom? Então o que é um trabalho bom?”

Duelo contra o São Paulo

“Duas grandes equipes (Grêmio e São Paulo) que estão muito bem no Brasileiro e Copa do Brasil. Conseguimos uma pequena vantagem. O jeito que a minha equipe vai jogar, eu já sei. O São Paulo tem o nosso respeito. Temos 90 minutos pela frente. São dois grandes times e tudo pode acontecer”

VANDERSON E RUAN

“O Vanderson é mais um garoto que a gente vem dando oportunidade, já o conhecíamos, já vinha treinando entre os profissionais. Passei confiança pra ele, pedi tranquilidade e foi o que ele fez. Ruan é um jogador da base, que trouxemos para os profissionais. Não vem jogando tanto porque o Grêmio tem grandes zagueiros, mas ele também é. Tem bastante qualidade. Falei para o presidente que ele e o Tonhão vão ser a dupla de zaga do Grêmio no futuro”

VOLTA DE ALISSON

“Ele (Alisson) se machucou naquele jogo contra o São Paulo ainda lá no Morumbi pelo Brasileirão, onde falaram que não foi nada. Ele ficou só de muletas, mas não foi nada. A minha intenção não era deixar ele (Alisson) jogar os 90 minutos. Quando o Thaciano e o Everton entraram, era para o Alisson sair, mas o Vanderson acabou sentindo. Mas o mais importante foi que eu ganhei mais uma opção”

Satisfeito com o grupo

“Eu não canso de elogiar meu grupo. Problemas todos tem. Isso faz parte do futebol. Eu confio em todos os meus jogadores. Eu não gosto de trabalhar em cima dos problemas, eu gosto de trabalhar em cima das soluções dos problemas”

Jogadores argentinos como Churín e Kannemann

“O Kannemann é argentino, o Churín também, jogadores argentinos tem muita vontade e garra de vencer. Eu gosto de ver o Kannemann jogando. Ele é um jogador vencedor e importante para a gente. Ele transmite essa garra e vontade de vencer para o grupo”

LUIZ FERNANDO COM COVID

“Apesar das condições que o clube dá para a gente, com um Departamento Médico exemplar, infelizmente tivemos esse caso do Luiz Fernando. É um ano triste, essa Covid não para. Infelizmente, muita gente não pensa dessa forma”

 

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Grêmio em tempo real. (Clique Aqui)