Quem ganha e quem perde espaço no time do Inter com a chegada de Zé Ricardo

Publicidade

O primeiro trabalho com bola dos jogadores do Inter sob comando de Zé Ricardo indicou mudanças claras no time – muito embora o próprio treinador tenha pregado a “continuidade” em sua coletiva de apresentação. Abaixo, montamos um “raio-x” de quem sobe e quem desce a partir de agora.

SUBIU!

Neilton: pouco utilizado na gestão de Odair Hellmann, menos ainda nos três jogos com Ricardo Colbachini, o meia-atacante apareceu entre os titulares no trabalho desta quarta. Ele foi o meia central na linha de três que antecede o atacante no esquema 4-2-3-1.

Guilherme Parede: bastante contestado pela torcida, Parede parece que terá a mesma assiduidade no time que também tinha com Odair. Ausente na derrota para o Vasco, domingo, por 1×0, ele é opção no sábado, contra o Bahia, fora, atuando pelo corredor direito de ataque.

Wellington Silva: o velocista também volta a ser prestigiado pela nova comissão técnica ao ter treinado entre os titulares na quarta – havia perdido gradativamente o espaço desde a titularidade sem boa atuação na derrota na final da Copa do Brasil contra o Athletico.

DESCEU!

Nico López: com apenas um gol marcado em 19 jogos no Brasileirão, o uruguaio perdeu espaço e trabalhou entre os reservas no primeiro treino de Zé Ricardo.

Bruno Silva: com a volta de Rodrigo Lindoso, recuperado de lesão, o volante também saiu do time titular – ele havia participado de forma regular das partidas contra Avaí e Vasco.

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Inter em tempo real. (Clique Aqui)