Notícias do Inter e notícias do Grêmio | Zona Mista

Pedro Ernesto garante que Grêmio fez empréstimo no banco: “Terminou a grana”

Durante o Sala de Redação, da Rádio Gaúcha, o narrador Pedro Ernesto Denardin informou que o Grêmio fez um empréstimo bancário para custos operacionais fora da folha salarial. Ele alertou para a necessidade de vendas de jogadores, já que o clube segurou Everton nesta última janela.

“O Grêmio já fez um empréstimo bancário esses dias, porque terminou a grana. O Grêmio precisa vender um jogador. Poderia ter negociado o Everton, mas pediu 40 milhões de euros e não levou. Acho que poderia ter negociado um pouco. Para pagar algumas contas, não a folha de pagamento, precisou fazer empréstimo. Nada demais. Isso faz parte. O Grêmio não tem receita sem venda de jogador para pagar as suas contas. Não há receita suficiente”, informou Pedro.

Segundo o UOL Esporte, o empréstimo é no valor de 10 milhões de reais e tem relação com as mudanças nas cotas de TV.

“O empréstimo serviu para quitar dívidas operacionais diante da falta de fluxo de caixa. Nas palavras da diretoria gremista, o dinheiro não foi buscado por conta de gastos adicionais, mas por consequência da nova forma de pagamento dos direitos de transmissão na TV”, diz o site.

Em agosto, o Conselho do clube se reuniu e informou um superávit de R$ 30,3 milhões, segundo o site oficial.

Estamos no Telegram e WhatsApp (Link)

    Estamos também no Telegram:
  • Clique aqui para entrar no grupo para acompanhar as notícias do Grêmio
    Estamos também no WhatsApp:
  • Clique aqui para entrar no grupo 29 para acompanhar as notícias do Grêmio.
  • Clique aqui para entrar no grupo 20 para acompanhar as notícias do Grêmio.
  • Clique aqui para entrar no grupo 25 para acompanhar as notícias do Grêmio.

Publicidade