Notícias do Inter e notícias do Grêmio | Zona Mista

Para Medeiros, o movimento “Fora Melo” é fruto da perda da Copa do Brasil

Em entrevista concedida nesta semana à Rádio Gre-Nal, o presidente colorado Marcelo Medeiros voltou a defender o seu tradicional parceiro de gestão, o vice de futebol Roberto Melo, que está no cargo – e não deverá sair dele – desde o mês de janeiro de 2017.

Melo tem sido alvo frequente dos protestos da torcida, mas, para Medeiros, não estaria ocorrendo nada disso em caso de título da Copa do Brasil, que escapou para o Athletico.

“Melo assumiu um clube com um grupo de jogadores rebaixados. Fez uma engenharia tremenda em 2017 com contratos longos. Se tivéssemos vencido a Copa do Brasil, existiria o “Fora Melo?”. Temos que ter serenidade”, colocou.

Por parte da torcida, em maioria, havia uma expectativa de que Melo fosse demitido no momento em que o técnico Odair Hellmann também deixou o cargo. Ao mantê-lo, Medeiros negou que tenha sido um movimento pensando nas eleições de 2020.

Estamos no Telegram e WhatsApp (Link)

    Estamos também no Telegram:
  • Clique aqui para entrar no grupo para acompanhar as notícias do Inter
    Estamos também no WhatsApp:
  • Clique aqui para entrar no grupo 24 para acompanhar as notícias do Inter.
  • Clique aqui para entrar no grupo 22 para acompanhar as notícias do Inter.
  • Clique aqui para entrar no grupo 15 para acompanhar as notícias do Inter.

Publicidade