O que Marcelo Oliveira pensa sobre o seu futuro com a camisa do Grêmio

Publicidade

Considerado um líder positivo e alguém de bom trato no vestiário, Marcelo Oliveira segue vivendo uma rotina de fisioterapia desde que se lesionou gravemente no joelho. O fatídico lance ocorreu na Arena, no Gauchão, em uma partida contra o Juventude, quando rompeu os ligamentos e viu sua temporada terminar ali.

O Grêmio, até como forma de dar apoio ao zagueiro e lateral-esquerdo, renovou o contrato por mais uma temporada, indo agora até o final de 2020.

“No começo era de domingo a domingo. Agora que eu tenho uma folga no domingo. Eu estou aqui em dois períodos, para recuperar. E eu não posso deixar de mencionar o departamento médico do clube, que é fundamental. É difícil dar um tempo exato. Depende da evolução. Esta cada vez mais próximo. Estou começando a correr já. O começo da recuperação é muito difícil. A gente fica deitado na maca, com os movimentos bem limitados. Estou em um procedimento de ganhar massa muscular, começando a correr. É tudo novo”, falou, à Rádio Gaúcha, sobre a recuperação.

Está em seus planos seguir no Grêmio mesmo depois de encerrar a carreira, possivelmente focando no trabalho de gestão.

“Eu gosto muito da parte de gestão, de me relacionar com as pessoas. Sempre tive um bom relacionamento com todo mundo. Tenho ouvido bastante. É importante ir me preparando. A carreira de jogador de futebol não é tão longa e depois tem uma vida inteira pela frente. A próxima etapa, com certeza, será no meio do futebol. Futebol é algo que eu entendo e eu quero continuar agregando e aprendendo. Vou partir para essa área”, acrescentou.

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Grêmio em tempo real. (Clique Aqui)