Melo quer mais “juventude” no elenco do Inter e vê base deixada de lado: “É o pulmão do clube”

Roberto Melo, oponente de Alessandro Barcellos, deu opiniões sobre o momento do Inter

Publicidade

Focado na disputa presidencial do Inter com Alessandro Barcellos no próximo dia 9, quando os sócios poderão votar, Roberto Melo concedeu nova entrevista para tratar de temas do clube, como a  montagem do elenco de 2024. Segundo ele, em conversa com o jornalista Nando Gross, é fundamental acrescentar mais “juventude” no grupo:

“Chega de brigar por vaga e achar que estamos no caminho certo. Temos um time bom, mas precisamos melhorar o grupo e acrescentar juventude. Temos que voltar a ganhar já a partir do Gauchão de 2024. Voltar a mandar no estado. Voltar a revelar jogadores, pois, infelizmente, hoje a base do Inter está em segundo plano. Nós revelamos vários jogadores no nosso período. Temos que investir em jovens jogadores, que valham o investimento”, declarou.

Veja também:
1 De 6.003

Melo, que foi vice de futebol na gestão de Marcelo Medeiros entre 2017 e 2019, entende que a base é o “pulmão” de um clube de futebol e precisa ser fortalecida:

“A base é o pulmão, que dá força para a equipe, que tem jogadores que sentem mais as derrotas. Essa mescla da base com jogadores experientes sempre deu certo. A gente vai trabalhar com muita força para retomar isso”, ampliou.

Na votação em 1° turno no Conselho Deliberativo, o atual presidente Alessandro Barcellos fez 150 votos contra 130 de Melo. O vencedor das eleições comandará o Inter de 2024 a 2026.

A entrevista de Roberto Melo, candidato à presidência do Inter:

Canal WhatsApp - Zona Mista Inter

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas