fbpx

Medeiros diz que cumpriu missão no Inter, celebra homenagem e não pensa em voltar ao clube: “Fora de cogitação”

Ex-presidente colorado concedeu entrevista na noite desta quinta-feira à Rádio Gaúcha

Depois de um longo tempo sem aparecer na mídia para dar entrevistas, o ex-presidente colorado entre 2017 e 2020 Marcelo Medeiros conversou com a Rádio Gaúcha na noite desta quinta-feira entendendo que teve “missão cumprida” dentro do Inter. Antes, na gestão do ex-presidente Giovanni Luigi entre 2013 e 2014, ele havia sido diretor e depois vice de futebol.

LEIA MAIS – Mauricio cita aspecto extracampo que pode dificultar o Inter no domingo e não poupa elogios ao Fortaleza: “Momento bom”

“Tu és presidente porque és torcedor, por gostar de futebol, envolvido pela paixão. A gente ainda está vivendo esse período de pandemia, com restrições, aquela alegria de ver o time segue em casa. Eu sempre tive essa característica de “ser torcedor” durante o jogo. É um jeito espontâneo. A minha missão está cumprida depois desses quatro anos”, comentou.

Medeiros, pelo ciclo de trabalho feito no clube, ganhou uma simbólica homenagem pela Câmara de Vereadores de Porto Alegre, que o tornou cidadão-emérito da cidade – prêmio conferido aos nascidos na capital gaúcha que ajudam no desenvolvimento da sociedade de Porto Alegre.

“A homenagem é para o presidente do Inter, que tirou o time da Série B e conquistou dois vice-campeonatos importantes. Eu compartilho esse título com todos os meus pares”.

O ex-presidente garante que, nesse momento, não cogita voltar ao dia a dia do clube ou exercer algum tipo de cargo:

“Neste momento é fora de cogitação (voltar a ter cargo no Inter). A minha família não iria gostar muito (risos). Nesse momento vou cuidar da minha vida, do meu escritório de advocacia. Agora as prioridades são outras”, encerrou.

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas