Matheus Henrique não quer Grêmio com “cabeça enterrada” e diz: “Não é por uma eliminação que ninguém presta”

Confira mais detalhes da coletiva de imprensa do camisa 7 gremista concedida nesta segunda-feira

Publicidade

Ainda no início da preparação do Grêmio para pegar o São Paulo, em casa, na quarta, 21h30, pela ida das semifinais da Copa do Brasil, o volante Matheus Henrique concedeu coletiva virtual de imprensa e pediu para o time não ficar com a “cabeça enterrada” ainda em decorrência da eliminação para o Santos nas quartas da Libertadores.

Confira as suas principais declarações:

Queda para o Santos:

“Já com 12 segundos a gente levou o gol, mas não adianta ficar lembrando, já passou. Não podemos ficar com a cabeça enterrada. A gente já tem Copa do Brasil na quarta-feira, Campeonato Brasileiro. Levamos os erros de lição para não repetir no próximo jogo. Sabemos do nosso potencial”

Sem terra arrasada:

“Até semana passada, estávamos em três competições e falavam que éramos isso e aquilo. Não vai ser por uma eliminação que aqui ninguém presta”

Confiança do técnico Renato Portaluppi:

“Conselhos a gente tem de monte, motivação também. Mas é só olhar onde a gente está. Estamos a dois jogos de uma final de Copa do Brasil. O Renato nos passa total confiança”

“Grande duelo” contra o São Paulo:

“Às vezes vocês veem ele nas entrevistas que ele assume a responsabilidade, mas têm as cobranças com a gente, que são internas. Não expõe ninguém do grupo porque confia. Sabemos o que temos de fazer e tenho certeza que será um grande duelo. Quem errar menos vai disputar a final”

Veja a íntegra da entrevista:

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Grêmio em tempo real. (Clique Aqui)