fbpx

Maicon sente novas dores musculares, deixa o gramado chorando e ganha abraço de técnico adversário

Volante gremista voltou a sentir problemas musculares na partida da noite desta quarta-feira

No seu primeiro jogo como titular do Grêmio desde a volta da última lesão, Maicon não aguentou ficar em campo durante toda a etapa inicial e saiu com novas dores musculares nesta quarta-feira, na Arena Pantanal, em jogo diante do Cuiabá fora de casa pelo Brasileirão.

Em lance sozinho em que escorrega, ele sentiu dores na altura da virilha e até tentou seguir em campo, mas não aguentou. O camisa 8 foi substituído por Lucas Silva e deixou o gramado chorando bastante – assista:

Mesmo com dores, o camisa 8 seguiu em campo e participou ativamente do gol de pênalti de Miguel Borja. Foi do volante o passe perfeito para Alisson ser derrubado na grande área, gerando a marcação de penalidade máxima com auxílio do VAR.

Na saída de campo, Maicon, segundo relato da reportagem do Premiere, ganhou um abraço do técnico do Cuiabá, o ex-lateral Jorginho, que foi seu comandante no início da carreira, no Figueirense, em 2011.

Maicon tem 35 anos e contrato válido com o Grêmio apenas até dezembro. Em posts recentes nas redes sociais, já adiantou que não irá continuar no clube e que pode seguir atuando com outra camiseta na temporada que vem. Ele está no tricolor desde 2015, sendo um dos mais antigos do elenco ao lado de Geromel.

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas