Magrão vê Alan Patrick como o melhor meia do Brasil e ainda crê em Libertadores: “Sonhar grande”

Gerente Esportivo do Inter concedeu entrevista depois da vitória sobre o Vasco da Gama

Em nome da direção e do departamento de futebol do Inter, o atual Gerente Esportivo, Magrão, concedeu coletiva depois da vitória de 2×1 diante do Vasco, em São Januário, pelo Brasileirão. Ao ser perguntado sobre uma possível queda técnica no segundo tempo com as saídas de Alan Patrick e Aránguiz, o ex-volante enalteceu o camisa 10 colorado:

“Qual o time não sentiria falta de um Alan Patrick? O Alan Patrick é o melhor 10 jogando no Brasil”, apontou.

Veja também:
1 De 6.099

Magrão, agora, vê o Inter no 11° lugar com 33 pontos, 9 atrás do primeiro time dentro do G-6. Mesmo que a matemática esteja difícil, ele diz “sonhar grande” com a vaga na próxima Libertadores:

“Qual a diferença de sonhar grande e sonhar pequeno? Sonhamos grande. Sonhamos com a Libertadores. Com essa retomada, os resultados começaram a vir. Jogar com o Vasco é sempre muito complicado, não era para estarem nessa posição. Estamos em uma crescente, isso prova. Agora, é retomar e temos dois jogos em casa. Nosso torcedor vem fazendo a diferença”, ampliou.

Magrão convoca a torcida

Vindo de duas vitórias, o Inter terá dois reencontros com a torcida nos próximos dias: domingo, 18h30, contra o Coritiba e depois, na quarta-feira, 19h, contra o América-MG.

“Temos dois jogos em casa agora. O nosso torcedor vem fazendo a diferença. A retomada no Gre-Nal passa por 40 mil pessoas após uma eliminação. Depois, mais 35 mil contra o Santos após derrota para o Bahia. E domingo temos mais um jogo importante que contamos com eles”, finalizou Magrão.

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas