Kannemann solta a voz, vira “segundo técnico” do Grêmio e ajuda colegas mesmo no banco de reservas; assista

Zagueiro argentino foi preservado de campo por conta das dores recorrentes no quadril

Após ser titular nas últimas partidas do Grêmio, Kannemann acabou ficando de fora do empate em 2×2 com o Flamengo pelo velho problema que vem o incomodando: as dores no quadril. Mas, mesmo do banco de reservas, apoiou e incentivou os seus colegas até o final do jogo válido pela reta decisiva do Brasileirão, que ainda tem o tricolor na zona do rebaixamento em 18° lugar com 35 pontos.

Já nos acréscimos, o zagueiro argentino foi flagrado atrás do técnico Vagner Mancini orientando, aos gritos, o posicionamento defensivo do time em meio ao ataque do Fla. “Tranquilo, tranquilo!”, disse logo depois da retomada da posse de bola – assista:

Segundo boletim passado pela assessoria de imprensa do Grêmio momentos antes do jogo, “o zagueiro Kannemann fica fora por dores no quadril. Foi avaliado à tarde e o Departamento Médico optou por preservá-lo em virtude da sequência recente”.

Assim, é possível imaginar que ele volte ao time na vaga de Ruan já para a partida decisiva de sexta-feira, 19h, diante do Bahia, em Salvador. Como o Juventude tem 40 pontos no 16° lugar, o Grêmio ainda precisa tirar quatro pontos de diferença para se manter na elite.

Os quatro jogos que restam ao Grêmio:

• Bahia (Fonte Nova) – 26/11
• São Paulo (Arena) – 02/12
• Corinthians (Neo Química Arena) – 05/12
• Atlético-MG (Arena) – 09/12

    Estamos também no Telegram:
  • Clique aqui para entrar no grupo para acompanhar as notícias do Grêmio
    Estamos também no WhatsApp:
  • Clique aqui para entrar no grupo 29 para acompanhar as notícias do Grêmio.
  • Clique aqui para entrar no grupo 20 para acompanhar as notícias do Grêmio.
  • Clique aqui para entrar no grupo 25 para acompanhar as notícias do Grêmio.